Esporte Educacional discute conceitos de jogo e inteligência

Com a pauta ‘Jogo e Inteligência’, o segundo encontro do projeto Esporte Educacional, realizado pela Selam (Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras) e pelo Sesc Piracicaba, recebeu a doutora em educação física e atual livre docente da Unicamp, Elaine Prodócimo. A atividade aconteceu nesta terça-feira (18) e teve mediação de Daniel Leite, assistente técnico da gerência de desenvolvimento físico-esportivo do Sesc SP, e participação de Maria Angélica Gonçalves da Silva, a Branca, assessora de gabinete da Selam.

Elaine Prodócimo, palestra 'Jogo e Inteligência' - Projeto Esporte Educacional

O conteúdo é transmitido pelo YouTube do Sesc Piracicaba (Reprodução)

Na ocasião, foram discutidas as definições de inteligência e seus desdobramentos, as situações de jogo e as relações entre os conceitos. “Nós podemos entender o esporte como um tipo de jogo que foi institucionalizado, ou seja, com regras mais rígidas. A raiz, porém, é a mesma. O cenário de incertezas gera uma tensão que leva ao arrebatamento, o fascínio do jogador pelo jogo. A cada nova jogada, novos problemas surgem e com elas a demanda por novas e boas respostas”, falou Elaine.

O projeto Esporte Educacional realizará mais duas ações, sempre às terças-feiras, às 15h, com transmissão ao vivo pelo YouTube do Sesc Piracicaba (www.youtube.com/sescpiracicaba). O próximo debate terá as presenças de Alcides Scaglia, doutor em pedagogia do movimento e docente na faculdade de ciências aplicadas no curso de ciências do esporte da Unicamp; Ana Paula Feitosa (mediadora), assistente técnico da gerência de desenvolvimento físico-esportivo do Sesc SP; e Sérgio Camarda, assessor especial de projetos da Selam. A atividade, agendada para 25 de maio, aborda o tema ‘Pedagogia do Esporte e os Jogos Coletivos’. A participação é livre e gratuita. Acesse aqui a programação completa.

A proposta do projeto é estimular o desenvolvimento das inteligências e a capacidade de resolver problemas em um ambiente organizado pela pedagogia do esporte, que contempla os aspectos do movimento (técnico e tático) e os socioafetivos, ou seja, uma didática que contribua para o processo de desenvolvimento integral e harmonioso, sem o foco na competitividade. “Ações como esta propiciam um novo ângulo na educação pelo esporte, muito além de seu aspecto competitivo, contribuindo para o desenvolvimento nas crianças e jovens de uma inteligência apta a resolver problemas diante de situações novas”, disse Cintya Girio, supervisora do setor esportivo do Sesc Piracicaba.




‹ Voltar