Atleta disputa ultramaratona para colaborar com o Banco de Alimentos

A maratonista Estela Vaz, 46, iniciou no último sábado (3) a ultramaratona de Badwater 135, que é realizada originalmente no Vale da Morte, na Califórnia (EUA), e que em 2021 terá edição virtual por conta da pandemia da Covie-19. Ao final da edição, previsto para o dia 18 de abril, Estela terá percorrido 430 km. Além do desafio pessoal, a atleta decidiu reverter cada quilômetro percorrido em um quilo de alimento, que será doado ao Banco de Alimentos do Fundo Social de Solidariedade de Piracicaba (Fussp).

Estela encara o desafio de 430 km (Foto: Arquivo Pessoal)

Estela, que mora em Piracicaba há 11 anos e trabalha na Justiça Eleitoral, participou da Badwater 135 em 2019 e, segundo ela, trata-se de uma das provas mais difíceis do mundo na modalidade. Os 430 km serão percorridos em 16 dias, sendo cerca de 25 km por dia, de manhã e à tarde. Nos finais de semana, serão aproximadamente 40 km por dia. O percurso será realizado na ruas da região do Bongue e Santa Rosa.

A prova será monitorada pelo App Strava e também no site Runsignup. “Participar do evento foi uma maneira de me manter motivada e fazer o que gosto, tanto que estarei de férias do trabalho para dedicar atenção exclusiva a essa prova, que é oficial. Não posso, pelo regulamento, receber ajuda para correr, mas necessito do apoio de todos na captação dos alimentos”, falou Estela.

As doações podem ser feitas diretamente no Banco de Alimentos do Fundo Social. O doador deve informar que a doação será para a maratonista Estela Vaz, com a nomeação #campanha427 ou #estelavaz14. Se for em valores, pode ser feito pelo PIX, diretamente para a atleta, pois o Fundo Social não aceita dinheiro. Diariamente, serão divulgados a quantia percorrida e outros detalhes sobre a arrecadação. O contato com a atleta pode ser feito pelo Instagram: @vaz.estela.




‹ Voltar