Após retomar atividades, Complexo Aquático abrirá inscrições em novembro

*Texto e fotos: Leonardo Moniz/Selam

Reativado no último dia 10 de outubro, o Complexo Aquático Dr. Samuel de Castro Neves já recebe semanalmente cerca de 600 alunos que frequentam as aulas oferecidas de forma gratuita pela Prefeitura de Piracicaba, por meio da Secretaria de Esportes, Lazer e Atividades Motoras (Selam). As turmas de natação são divididas por nível (iniciante ao treinamento) e faixa etária, a partir dos 7 anos de idade. A hidro é para pessoas com mais de 40 anos. Ambas têm duas aulas por semana. O local funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e fica na rua Silva Jardim, 849, Bairro Alto. O telefone para contato é o (19) 3422-1510.

As aulas de natação são abertas para interessados a partir de 7 anos de idade

As aulas de natação são abertas para interessados a partir de 7 anos de idade

“Essa retomada tem sido muito importante para nós. Ficamos muito tempo sem utilizar o espaço público e voltar para cá é especial tanto para os alunos que já faziam aulas no complexo quanto para aqueles que começaram a praticar no clube Cristóvão Colombo, para onde as atividades foram transferidas. Estamos em um momento de transição e sabemos que muitas coisas precisam ser melhoradas, como a liberação para uso dos vestiários, por exemplo, mas as mudanças estão acontecendo e o saldo é muito positivo”, afirmou a coordenadora técnico-pedagógica Beatriz Beig.

Inaugurado em 1976, o Complexo Aquático estava fechado desde julho de 2018, quando apresentava vazamentos equivalentes a 125 metros cúbicos por dia. A reforma foi feita pela Spalla Engenharia Eireli, empresa vencedora do processo de licitação, e começou em julho de 2020. O contrato entre as duas partes terminou em julho do ano passado, quando a atual Administração elaborou um relatório técnico que apontava problemas estruturais e a necessidade de ajustes. De lá para cá, o complexo passou por uma série de reparos e novos testes. A entrega foi aceita em setembro deste ano pela Secretaria Municipal de Obras (Semob), que deu o aval para utilização do espaço.

A revitalização custou R$ 1.292.633,48 e consistiu principalmente na divisão da antiga piscina olímpica em duas: uma semiolímpica (25×25 metros), que pode receber competições, além de atividades de iniciação e treinamentos, e outra medindo 12,5×25 metros, que já está sendo utilizada especialmente para aulas de hidroginástica. A reconstrução incluiu ainda novos equipamentos, como bombas e tubulações, reduzindo o custo de manutenção.

Alunas de hidroginástica aprovaram a retomada no Complexo Aquático

Alunas de hidroginástica aprovaram a retomada no Complexo Aquático

INSCRIÇÕES

A partir de novembro, as inscrições serão abertas na primeira semana de cada mês. As aulas de natação são coordenadas por Beatriz Beig e destinadas aos alunos do Programa Desporto de Base (PDB) e também para o Projeto Clarear, que é voltado para pessoas com deficiência (PCD). A inscrição deve ser feita pelo WhatsApp (19) 99797-0028. A hidroginástica, coordenada pela professora Mônica Graner, atende o Programa de Atividades Motoras (PAM). Para se inscrever é preciso ligar para o telefone (19) 3422-0233. Ao todo, dez professores e dois estagiários da Pasta atuam no complexo.

A Selam informa que não haverá lista de espera para nenhuma modalidade, ou seja, na primeira semana de cada mês, todos os interessados poderão tentar se inscrever novamente. A cada três faltas não justificadas, o aluno inscrito perderá a vaga. “Inicialmente, viemos para o complexo com os alunos já matriculados, que fizeram a rematrícula e estão se encaixando nos novos horários. Agora, vamos abrir novas turmas, lembrando sempre que os nossos períodos de uso são de aula, exclusivamente. Em novembro, nossas atividades também serão oferecidas no Cristóvão Colombo e no clube da Associação dos Funcionários Públicos Municipais de Piracicaba, e isso deve ampliar os atendimentos”, finalizou Beatriz.




‹ Voltar