Tênis de Mesa

No início, o “pingue-pong”, denominação onomatopéica devido ao ruído da bola.

Não se consegue definir com segurança a origem do tênis de mesa, sabendo-se, contudo, que tem seu embrião no “Larven-tênis” e que surgiu no princípio do século XIX, possivelmente no Oriente. Sua maior difusão encontra-se no Japão, de onde foi exportado para a Europa no século XX.

No início, o “pingue-pong”, denominação onomatopéica devido ao ruído da bola em contato com a mesa e a raquete no decorrer do jogo, era um simples passado tempo dos nobres, mas evoluiu rapidamente , tornando-se um esporte oficializado e praticado em todo mundo.

O jogo é disputado em uma mesa de 2,75 m de comprimento por 1,52 m de largura, dividida em duas partes iguais por uma rede de 15,24 cm de altura. O jogo consiste em fazer passar a bola por cima da rede uma pequena bola de celulose, impulsionada por raquete geralmente confeccionadas em maneira recoberta de borracha granulada ou borracha esponja ou ainda de substância semelhante.

O tênis de mesa somente foi oficializado no Brasil no ano de 1940, tendo se difundido muito rapidamente, existindo hoje, Federação especializadas em quase todos os Estados do Brasil. O primeiro grande titulo do Brasil aconteceu em 1961, no campeonato mundial de Pequim, foi vencedor o brasileiro Ubiracy Costa que derrotou o então campeão do mundo, o chinês Jung Kuo Iuan.

Fonte : http://www.museudosesportes.com.br/noticia.php?id=1107




‹ Voltar